Untitled Document
[ 0 ]
Obesidade, emagrecimento e gordura localizada
A fadiga em corridas de aventura

Titulo: Obesidade, emagrecimento e gordura localizada

Nos dias atuais, a obesidade já está sendo encarada como uma doença que já é responsável por um número muito significativo de mortes em todo o mundo. Está ligada direta ou indiretamente a uma série de doenças, como: Função cardíaca deteriorada (devido à sobrecarga mecânica no coração); hipertensão e acidente vasculocerebral; diabetes tipo II; doenças renais; vários cânceres; problemas ortopédicos; ...

Definimos obesidade tomando como base o parâmetro do percentual de gordura corporal. Homens: acima de 25% e Mulheres: acima de 30% de gordura corporal são considerados obesos.

A gordura tem como unidade formadora uma célula especializada, conhecida como Adipócito; ele tem a função de armazenar a gordura em nosso corpo. A massa corporal gorda tem principalmente as seguintes funções: armazenamento de energia; isolante térmico e proteção dos órgãos contra choques mecânicos.

As principais causas para se ter um aumento excessivo de gordura no corpo são a herança genética da pessoa e os hábitos de vida do indivíduo; tais como: só utilizar o elevador ou escada rolante, usar controle remoto, ter fácil acesso ao alimento, não praticar nenhuma atividade física regular etc...(esta última é sem dúvida a maior responsável).

O acúmulo de gordura vai se dar quando ingerimos uma quantidade de calorias maior do que gastamos; criando o chamado “Balanço Calórico Positivo”. No mecanismo inverso, a perda de gordura vai ocorrer quando criamos o “Balanço Calórico Negativo” ou seja, ingerimos menos calorias do que gastamos. São responsáveis pelo nosso gasto de energia:


  • 1.Metabolismo de Repouso ou Basal: responsável por 60 a 75% do nosso gasto energético diário.

  • 2.Gasto com a digestão dos alimentos: 10% do gasto energético diário.

  • 3.Gasto com a atividade (qualquer tipo de movimento que se faça): 15 a 30% do gasto energético diário.


Curiosidades
  • 1 hora de caminhada a 6km/h para uma pessoa de 70kg, representa um gasto de 280kcal

  • 1 Coca Cola lata tem 150kcal e 1 Promoção do Big Mc tem 1180kcal

  • Para se calcular o metabolismo basal é só multiplicar o peso corporal por 24 que são o nº. de horas de um dia; e o resultado é expresso em kcal/dia. Ex.: Pessoa de 70kg: 70x24=1680kcal/dia

Emagrecimento X perda de peso

Uma pessoa pode continuar sendo considerada obesa mesmo que seu peso corporal reduza de 100 para 60kg pois a relação entre a quantidade de gordura e a quantidade de massa magra pode não alterar ou alterar muito pouco, mantendo um percentual de gordura alto. Para emagrecer, o percentual de gordura tem que diminuir, ou seja, a relação entre a quantidade de gordura e massa magra deve diminuir.


Teoria do ponto pré-estabelecido

Todos nós temos uma tendência natural a manter uma certa composição corporal, e nosso Sistema Nervoso Central vai lutar para sempre manter esta composição corporal. Em caso de hiperalimentação, o metabolismo vai acelerar e em caso de hipoalimentação o metabolismo vai abaixar dificultando a perda de peso. Existem algumas formas de alterar este ponto, como: através de medicamentos, a nicotina do cigarro, o tempo que a pessoa fica num determinado peso e o exercício físico regular.


Gordura localizada

Em nosso corpo temos regiões onde o acúmulo de gordura é maior do que em outras, seja por herança genética, questões hormonais ou características do sexo. Esta gordura vai ser reduzida com o emagrecimento proporcionalmente a todos os outros locais de acumulo de gordura em nosso corpo, não existe perda de gordura de um só lugar. Portanto se a pessoa já está magra e continua com um acúmulo de gordura maior na região do abdômen por exemplo, esta pessoa pode nunca mais conseguir diminuir a quantidade de gordura daquela região pois seus Adipócitos ali já atingiram o tamanho mínimo e aquele acúmulo de gordura se deu por hiperplasia. E só poderá ser mais reduzida através de cirurgia plástica.


Outro mito das academias é que exercícios localizados vão reduzir a gordura localizada. Ex.: fazer muitas abdominais vai reduzir a gordura localizada na região abdominal. Um estudo feito em um tenista (que passa horas de treinamento exercitando somente um dos braços) comparando as dobras cutâneas do braço ativo e do braço inativo não constatou qualquer diferença entre os dois membros, jogando por terra que exercícios localizados vão reduzir a gordura de uma certa região.


Referências bibliográficas

AMERICAN COLEGE OF SPORTS MEDICINE (2000) Teste de esforço e prescrição de exercícios. 5ªEd.
Rio de Janeiro, Revinter

McARDLE, W., KATCH, V. (1996) Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. 3ªEd.
Guanabara Koogan

POLLOCK, Michael L.: WILMORE Jack H. & FOX, Samuel M. (1993) Exercício na saúde e na doença.
2ªEd. Rio de Janeiro, Medsi

WILLMORE, Jack H. & COSTILL, David L. (2001) Fisiologia do Esporte e do Exercício. 2ª Ed. São Paulo, Manole. Palestra Sport


Professor Maurício Estevão O. A. Teixeira
Bacharel em Educação Física e Especialista em Fisiologia do Exercício
mauricio@wmpersonal.com.br

Data: 09/05/2005 Hora: 12:51:09
 
RLM    AC Portal